O mês de Novembro vai ser fértil em actividades ligadas ao protocolo. A primeira etapa será o XVI CONCEP – Congresso Nacional de Cerimonial Público, organizado pelo CNCP – Comité Nacional do Cerimonial Público, entre 1 e 3 de Novembro, em Salvador da Baía, Brasil. Apesar de o programa ainda não ter sido divulgado, sugerimos que aceda ao site do CNCP para obter mais detalhes sobre este grande congresso brasileiro.Em seguida, teremos as IV Jornadas Internacionais de Protocolo da APEP – Associação Portuguesa de Estudos de Protocolo, a 17 de Novembro, no auditório do ISLA – Instituto Superior de Línguas e Administração, em Lisboa, sob o tema «Criatividade e Protocolo».

Ao longo desta jornada, haverá duas mesas redondas, sendo a primeira sobre Protocolo e Eventos e a segunda sobre Comunicação e Segurança, ambas seguidas de debate e casos práticos. A conferência inaugural, sobre Criatividade em eventos institucionais, será proferida pelo Senhor Embaixador Manuel Côrte-Real e a conferência de encerramento, com que se marca também a abertura da 17ª edição da pós graduação em «Imagem, Protocolo e Organização de Eventos» do ISLA, está a cargo do Senhor Coronel Jorge Salvati, presidente da OICP – Organizacion Internacional de Ceremonial y Protocolo.

Além de oradores reconhecidos na área do protocolo e cerimonial, as IV Jornadas contarão com especialistas em segurança, comunicação mediática e organização de eventos, que partilharão a sua experiência com os participantes através de casos práticos e debates.Finalmente, entre 19 e 21 de Novembro, na cidade espanhola de Bilbau, realiza-se o X Congreso Internacional de Protocolo. O congresso é organizado pela Asociacion Española de Protocolo, a Organizacion Internacional de Ceremonial y Protocolo, a Escuela Internacional de Protocolo e o Ayuntamiento de Bilbao.

Este congresso, inovador no formato e nos temas propostos, vai reunir oradores de renome internacional das mais diferentes áreas. O fio condutor será dado por dez oradores, ou interrogantes, que vão procurar responder às questões essenciais apresentadas nos anteriores congressos, assim contribuindo magistralmente para a análise de quase uma década de protocolo no século XXI. Isabel Amaral, presidente da APEP – Associação Portuguesa de Estudos de Protocolo, foi convidada para ser a segunda interrogante.No site http://www.congresoprotocolobilbao2009.com/castellano/home.asp, podem ser obtidos todos os pormenores sobre este grande acontecimento do mundo do protocolo, chamando-se particular atenção para a redução de custos nas inscrições efectuadas antes do dia 11 de Setembro.

#

Deixe uma resposta